Diretor aproveita revelação da DC Comics para juntar herói e Asa Noturna.

Por Érico Borgo

Adam Killian (Foto: Divulgação)Adam Killian (Foto: Divulgação)
A prolífica indústria das paródias pornôs dos filmes baseados em histórias em quadrinhos dos EUA vai, mais uma vez, aproveitar-se de polêmicas na indústria para criar seu próximo filme.

Segundo apurou o Bleeding Cool, Rob Black, diretor de Justice League XXX 3D, colocará no filme da Liga da Justiça pornô um Lanterna Verde gay. O personagem, interpretado por Adam Killian, terá uma cena com o herói Asa Noturna.

Black pega carona no recente anúncio da DC Comics de que o Lanterna Verde original, Alan Scott, é gay em sua nova versão, criada para o universo reestruturado da editora. Asa Noturna, segunda identidade secreta do primeiro Robin, Dick Grayson, continua hetero nesse novo universo, mas os motivos da escolha do personagem para a paródia pornô são óbvios: eles pretendem agradar o público de fanfic "slash" gay, que fantasia há anos com um encontro entre o herói e o Batman.